Notícias

CRO-RO constata exercício ilegal da profissão em Guajará-mirim

1e4bf27d-57b6-4e7e-936f-761ccb36a649

Cumprindo uma de suas funções institucionais, o Conselho Regional de Odontologia de Rondônia (CRO-RO), nos dias 3 e 4 de setembro, constatou o exercício ilegal da profissão no município de Guajará-mirim.

O Conselho, por meio da fiscalização, dirigiu-se ao local informado na denúncia e encontrou o suposto cirurgião-dentista. Ao ser questionado sobre a sua carteira profissional, o denunciado não apresentou o documento devidamente registrado no CRO-RO. Foi constatado também que o estabelecimento não possuía licenciamento dos órgãos competentes, sendo assim interditado pela vigilância sanitária do município. Diante dos fatos, a Polícia Militar foi acionada para o registro do boletim de ocorrência.

 O exercício ilegal da Odontologia é crime previsto no Código Penal (Artigo 282). A prática odontológica realizada por pessoa e/ou profissional não habilitado pode trazer sérios danos à saúde da população.

As denúncias podem ser feitas anonimamente pelos seguintes canais de comunicação: fiscalizacao-etica@cro-ro.org.br ou pelos telefones: (69) 3221-1813 ou (69) 99225-5616.

Ainda, a fiscalização do CRO-RO promoveu visitas de orientações éticas aos profissionais da região.

Procedimento Operacional Padrão